Uma análise textual dos efeitos patêmicos em campanhas publicitárias educativas

Francisca Tarciclê Pontes Rodrigues, Rafael Lima de Oliveira, Geana Barbosa da Silveira

Resumo


O contexto de pandemia do coronavírus impulsionou a criação de inúmeras campanhas publicitárias educativas que, entre seus propósitos comunicativos, visam orientar a população quanto aos modos de prevenção à Covid-19. Essas campanhas, por vezes, passaram a investir no apelo às emoções com o intuito de sensibilizar a população quanto à temática. Este artigo, partindo de uma articulação teórica entre a Teoria Semiolinguística, de Patrick Charaudeau, e a Linguística Textual, desenvolve uma análise textual dos efeitos patêmicos. Para isso, assume as reflexões sobre patemização, de Charaudeau (2010a), mas defende, em consonância com Oliveira (2020), que, além de analisadas pelo contrato de comunicação, as estratégias de patemização sejam vistas sob o prisma das estratégias de textualização, especialmente os processos referenciais (CAVALCANTE; MARTINS, 2020). A análise aponta para o papel decisivo da introdução e, principalmente, da recategorização dos referentes negociados no texto na construção de uma encenação patemizante, além das focalizações dêiticas, que cumprem a função de engajar o interlocutor nessa encenação. Para isso, o locutor estrategicamente dispõe os referentes apoiando-se nas crenças que ele supõe serem assumidas pelo interlocutor.


Palavras-chave


Estratégias de patemização. Referenciação. Campanhas publicitárias educativas.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, Jean-Michel. Textos: tipos e protótipos. São Paulo: Contexto, 2019.

ALMEIDA, Eduardo Carvalho de. Argumentação multimodal sob uma perspectiva textual: análise de processos referenciais em textos multimodais no Twitter. Projeto de Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2021.

AMOSSY, Ruth. A argumentação no discurso. São Paulo: Contexto, 2018.

ARISTÓTELES. Retórica das paixões. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

ARISTÓTELES. Retórica. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; BRITO, Mariza Angélica Paiva. O caráter naturalmente recategorizador das anáforas. In: AQUINO, Z. G. O.; GONÇALVES-SEGUNDO, P. R. (Orgs.). Estudos do discurso: caminhos e tendências [Internet]. São Paulo: Paulistana, 2016. p. 119-133.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; SILVA, Luciana Pereira da; SOUZA JÚNIOR, Rivaldo Capistrano; CUSTÓDIO FILHO, Valdinar. Coerência e referenciação. In: MARQUESI, S.C.; PAULIUKONIS, A.L.; ELIAS, V.M. (Org.). Linguística textual e ensino. São Paulo: Contexto, 2017, p. 91-107.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; BRITO, Mariza Angélica Paiva; CUSTÓDIO FILHO, Valdinar; CORTEZ, Suzana Leite; PINTO, Rosalice Botelho Wakim Souza; PINHEIRO, Clemílton Lopes. O texto e suas propriedades: definindo perspectivas para análise. Revista (Con)Textos Linguísticos, Vitória (ES), v. 13, n. 25, p. 25-39, 2019.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; et al. Linguística textual e argumentação. Campinas: Pontes Editores, 2020.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; MARTINS, Mayara Arruda. Referenciação: em síntese. In: LIMA, A. H. V. L.; SOARES, M. E.; CAVALCANTE, S. A. S. Linguística geral: os conceitos que todos precisam conhecer - volume 2. São Paulo: Pimenta Cultural, 2020, p. 237-272.

CHARAUDEAU, Patrick. O discurso entre a ação e a comunicação. Patrick Charaudeau, Paris, 11 de maio de 2002. Disponível em: www.patrick-charaudeau.com/O-discurso-entre-a-acao-e-a.html. Acesso em: 3 out. 2021.

CHARAUDEAU, Patrick. Uma análise semiolinguística do texto e do discurso. In: PAULIUKONIS, M. A. L. e GAVAZZI, S. (Orgs.) Da língua ao discurso: reflexões para o ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2005, p. 11-27. Disponível em: http://www.patrick-charaudeau.com/Uma-analise-semiolinguistica-do.html. Acesso em: 5 set. 2021.

CHARAUDEAU, Patrick. Linguagem e discurso: modos de organização. São Paulo: Contexto, 2008.

CHARAUDEAU, Patrick. A patemização na televisão como estratégia de autenticidade. In: MENDES, E.; MACHADO, I. L. (org.). As emoções no discurso, vol. 2. Campinas: Mercado das Letras, 2010a.

CHARAUDEAU, Patrick. Um modelo sócio-comunicacional do discurso: entre situação de comunicação e estratégias de individualização. In: STAFUZZA, G.; DE PAULA, L. (Orgs.) Da análise do discurso no Brasil à análise do discurso do Brasil, Edufu, Uberlândia, 2010b. Disponível em: http://www.patrick-charaudeau.com/Um-modelosocio-comunicacional-do.html. Acesso em: 26 set. 2021.

CHARAUDEAU, Patrick. O discurso propagandista: uma tipologia. In: MACHADO, I. L.; MELLO, R. Análises do Discurso Hoje, vol. 3. Rio de Janeiro: Nova Fronteira (Lucerna), 2010c, p.57-78.

CHARAUDEAU, Patrick. Las emociones como efectos de discurso. Revista Versión, UAM, México, n. 26, p. 97-118, jun. 2011.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2013.

CHARAUDEAU, Patrick. Os estereótipos, muito bem. Os imaginários, ainda melhor. Traduzido por André Luiz Silva e Rafael Magalhães Angrisano. Entrepalavras, Fortaleza, v. 7, p. 571-591, jan./jun. 2017.

CHARAUDEAU, Patrick. O turbilhão do interdiscurso. In: CAVALCANTE, M. M.; BRITO, M. A. P. (Orgs.) Texto, discurso e argumentação: traduções. Campinas: Pontes Editores, 2020, p. 249-268.

ELSTER, Jon. Rationalité, émotions et normes sociales. In: La couleur des pensées: sentiments, émotions, intentions [on-line]. Paris: Éditions de l’École des hautes études en sciences sociales, 1995. Disponível em: http://books.openedition.org/editionsehess/10123. Acesso em: 3 out. 2021.

FONSECA, Elize Massard da; NATTRASS, Nicoli; LAZARO, Lira Luz Benites; BASTOS, Francisco Inácio. Political discourse, denialism and leadership failure in Brazil’s response to COVID-19. Global Public Health, v. 16, n. 8-9, p. 1251-1266, jun. 2021, DOI: 10.1080/17441692.2021.1945123.

OLIVEIRA, Rafael Lima de. Uma análise textual do pathos em polêmicas. 2020. 144f - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2020.

PAVEAU, Marie-Anne. Análise do discurso digital: dicionário das formas e das práticas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2021.

PLANTIN, Christian. As razões das emoções. In: MENDES, E.; MACHADO, I. L. (org.). As emoções no discurso, vol. 2. Campinas: Mercado das Letras, 2010. p. 57-80.




DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321-12esp2423

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.