Processo de geração de veridicção em um discurso persuasivo da mídia cotidiana: elementos para uma leitura crítica

Maria Angélica Lauretti CARNEIRO

Resumo


Neste artigo são analisados alguns aspectos enunciativo-discursivos que constroem posições subjetivas presentes em uma manchete jornalística e uma foto de uma notícia presente no jornal “O Estado de S. Paulo”. Focalizam-se as noções de persuasão, tal como é vista pela nova retórica (Perelman; Olbrechts-Tyteca, 2005), e a noção de implícito, a partir da teoria da enunciação de Ducrot (1972). Será mostrado que esses conceitos se apresentam indissociáveis no processo de geração de veridicção do discurso e são importantes para o posicionamento crítico diante da leitura.

Palavras-chave


Discurso; enunciação; persuasão; implícito.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321.2.2.1%20esp..10-20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.