Entre o factual e o ficcional: a construção (pré) discursiva do ethos em um cordel de acontecimento

Simone MENDES

Resumo


O presente artigo tem como principal objetivo perceber como se dá a construção do ethos em um cordel de acontecimento, intitulado “O cordel do Lula lá”, de Téo Azevedo, tendo em vista a relação entre ficcionalidade e factualidade, advinda da interdiscursividade existente entre os discursos literário e midiático, nessa manifestação da literatura de cordel. Para tanto, nos basearemos nas reflexões desenvolvidas por Amossy (2005), Maingueneau (2005) e Charaudeau (2006), no que tange ao conceito de ethos desenvolvido no âmbito dos estudos da linguagem e nas reflexões de Mendes (2004, 2005), Eco (2002) e Iser (2002) com relação aos conceitos de ficcional, de factual e seus desdobramentos.

Palavras-chave


Literatura de cordel; ethos; ficcional; factual.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321.2.2.1%20esp..83-97

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7624
Creative Commons License
Entrepalavras está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.