As modificações da forma verbal nas estratégias de correção e paráfrase em ocorrências da língua falada: uma análise sob a perspectiva funcionalista

Fernanda Trombini Rahmen Cassim

Resumo


As estratégias de formulação ocorrem no texto falado e têm a finalidade de estruturar e organizar os enunciados de um texto para que este seja compreensível ao interlocutor, que deve interpretá-lo satisfatoriamente. Nesse ato de formular e reformular sentenças, algumas mudanças linguísticas podem ser percebidas no âmbito morfossintático, as quais acarretam alterações no conteúdo informacional. Neste trabalho, analisaram-se as mudanças verbais que acontecem no processo de formulação em ocorrências que apresentam, especialmente, as estratégias de correção e de paráfrase. Para tanto, foram utilizadas as noções de verbo e de estratégias de formulação apresentadas por Ilari & Basso (2008), Castilho (2002; 2010) e Fávero, Andrade & Aquino (1999; 2006), dentre outros, as quais são alicerçadas em uma visão funcionalista da linguagem. Com isso, pretende-se evidenciar que a semântica verbal só é compreendida no estudo dos contextos reais de uso da língua, bem como destacar a importância de se abordar o estudo da classe dos verbos sob uma perspectiva funcionalista, que leve em conta a linguagem falada em seu contexto real de uso.


Palavras-chave


Correção; Paráfrase; Funcionalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321.5.5.2.08-22

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.