Ensino de espanhol na escola e campanha institucional: uma perspectiva enunciativa

Charlene Cidrini Ferreira

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar reflexões de ordem teórica e prática relacionadas ao ensino da Língua Espanhola no contexto da escola básica, por meio de uma experiência didática que teve como foco a análise e produção do gênero de discurso campanha institucional. O aporte teórico é a Análise do Discurso de orientação enunciativa (MAINGUENEAU, 2002) e a concepção de gênero de discurso (Bakhtin, 1992). Os resultados demonstraram que não é possível separar o ensino de língua do seu uso social e que a aplicação de uma abordagem enunciativa em sala de aula possibilita aos alunos, no processo ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira, interagir discursivamente em tempos e espaços distintos, construindo novos sentidos por meio da apropriação dos gêneros e sua relação com a sociedade.


Palavras-chave


ensino de língua estrangeira; perspectiva enunciativa; gênero campanha institucional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321.5.5.1.103-116

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.