Os dicionários Aurélio: análise das Expressões Idiomáticas sob o olhar da Lexicografia Pedagógica

Ariane Donizete Delgado Ribeiro Caldas Caldas, Odair Luiz Nadin da Silva, Adriane Orenha-Ottaiano

Resumo


O presente artigo visa empreender uma análise a partir de dois verbetes (pão e ovo) em três dicionários da série Aurélio (Mini Aurélio, Aurélio Júnior e Aurélio), a fim de verificar a forma como as Expressões Idiomáticas são abordadas em cada dicionário. Os verbetes apresentados nesta pesquisa foram escolhidos por meio de uma análise quantitativa, que buscou evidenciar os dois verbetes mais frequentes a partir de uma lista de expressões idiomáticas compiladas por Seco (2017). A partir desta seleção e sob a ótica da Lexicografia Pedagógica, a qual nos diz que os dicionários destinados ao ensino de um idioma, seja ela materno ou estrangeiro, devem atender as necessidades dos alunos que os utilizarão, buscamos analisar como os dicionários selecionados abordam as Expressões Idiomáticas, com a finalidade de verificar como se dá a apresentação destas expressões aos alunos. Os dados analisados, embora parciais, demostraram que os dicionários deixam a desejar pedagogicamente, pois identificamos a falta de informações que são relevantes para os consulentes.


Palavras-chave


Lexicografia Pedagógica. Expressões Idiomáticas. Dicionários Aurélio.

Texto completo:

PDF

Referências


BIDERMAN, M. T. Análise dos dicionários gerais do português brasileiro contemporâneo: o Aurélio e o Houaiss. Filologia e Linguística Portuguesa. n. 5, 2002. p. 85 – 116.

BIDERMAN, M. T. Aurélio: sinônimo de dicionário? Alfa, São Paulo. n.44. 2000. p. 27 – 55.

CARVALHO, G. L. “Dar uma colher de chá”: uma análise de expressões idiomáticas em dicionários de língua portuguesa. Revista Domínios da Lingu@gem. v. 8, n. 2. 2014. p.164 – 177.

CARVALHO, O. L. de S.; BAGNO, M. (orgs.). Dicionários Escolares: políticas, formas e usos. São Paulo: Parábola, 2011.

CASTILLO CARBALLO; M. A.; GARCÍA PLATERO, J. M. La lexicografía didáctica. En: MEDINA GUERRA, A. M. (coord.). Lexicografía Española. Barcelona: Ariel, 2003.

DAMIN, C. P. Parâmetros para uma avaliação do dicionário escolar. 2005. 230 f. Dissertação (Mestrado em Letras). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras, Programa de Pós-Graduação em Letras. Porto Alegre, 2005.

DARÉ VARGAS, M. Lexicografia pedagógica: história e panorama em contexto brasileiro. Revista Domínios da Lingu@agem. Uberlândia. v. 12, n. 4. 2018, p. 1934 – 1949.

DURAN, M. S. Dicionário bilíngues pedagógicos: análise, reflexões e propostas. 2004. 132 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos). Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, São José do Rio Preto. 2004.

DURAN, M. S.; XATARA, C. M. Lexicografia Pedagógica: atores e interfaces. D.E.L.T.A. 23:2, 2007, p. 203-222. 

FERREIRA, A. B. H. Aurélio Júnior: dicionário escolar da língua portuguesa. 2. ed. Curtiba: Positivo. 2011.

FERREIRA, A. B. H. Mini Aurélio: o dicionário da língua portuguesa. 8. ed. Curitiba: Positivo, 2010.

FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 3. ed. Curitiba: Positivo, 2004.

FUENTES MORÁN, M. T. Entrar en el diccionario. Apuntes sobre la selección de entradas. P. FABER; C. JIMÉNEZ Y G. WOTJAK (eds.). Léxico especializado y comunicación interlingüística. Granada: Granada Lingüística, 2004, p. 59-72.

FUENTES MORÁN, M. T. Gramática en la lexicografía bilingüe. Morfología y sintaxis en diccionarios español-alemán desde el punto de vista del germanohablante. Tübingen: Niemeyer (Lexicographica, Series Mayor 81), 1997.

FUENTES MORÁN, M. T.; NADIN, O. L. Algunas formas de presentación de datos en diccionarios de español para aprendices brasileños. In. NADIN, O. L.; ZAVAGLIA, C. Estudos do Léxico em Contextos Bilíngues. Campinas: Mercado de Letras, 2016, p. 53-78.

KRIEGER, M. G.; WELKER, H. A. Questões de Lexicografia Pedagógica. In: XATARA; BEVILACQUA; HUMBLÉ (orgs). Dicionários na teoria e na prática: como e para quem são feitos. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

MATIAS, G. L.; PARRERIA, M. C. O ensino de expressões idiomáticas à luz da Lexicografia Pedagógica. Pesquisas em discursos pedagógicos. v.2. 2011.

MOLINA GARCÍA, D. Fraseología bilíngue: un enfoque lexicográfico-pedagógico. Granada: Comares, 2006.

NADIN, O. L. O uso do dicionário nas aulas de espanhol como língua estrangeira: reflexões teórico-práticas. In: Odair Luiz Nadin e Viviane Cristina Poletto Lugli. (Org.). Espanhol como Língua Estrangeira: reflexões teóricas e propostas didáticas. Campinas: Mercado de Letras, 2013, v. 1, p. 139-150

PONTES, A. L. Exemplo lexicográfico em dicionários escolares brasileiros. Filologia linguística portuguesa. N. 12(2), p. 351-370, 2010.

PRADO ARAGONÉS, J. El uso del diccionario para la enseñanza de la lengua: consideraciones metodológicas. En: Káñina, Rev. Artes y Letras, Univ. Costa Rica. Vol. XXIX (Especial), 2005, pp. 19-28.

RODRIGUES, L. T. D. Dicionários distribuídos pelo PNLD: análise da microestrutura de quatro dicionários de língua portuguesa. Revista Primeira Escrita, Aquidauana, n. 2, 2015. p. 78-93.

SANTIAGO, M. S. Análises contrastivas de microestruturas em dicionários escolares. Pesquisas em discursos pedagógicos. v.1. 2012.

SANTIAGO, M. S. Critérios de avaliação de dicionários escolares de língua portuguesa no Programa Nacional do Livro Didático. In: ARAUJO.; PEREIRA-LIMA; DUARTE (et al). Reflexões Linguísticas e Literárias. Fortaleza – CE: HBM Shoping das Cópias. 2015.

SECO, M. Gastronomismos nas Expressões Idiomáticas do português do Brasil e seus correspondentes em francês da França. 2017. 188f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, São José do Rio Preto. 2017.

SCOTT, M. WordSmith Tools. Versão 7.0. Liverpool: Lexical Analysis Software, 2016.

SWEET, H. The Practical Study of Language. Oxford University Press, London. 1899.

VACCARO TEER, J. A lematização de expressões idiomáticas em dicionários para aprendizes. In: ZAVAGLIA, C.; NADIN, O. L. (orgs). Lexicografia Pedagógica. Revista Domínios de Lingu@gem. Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, v. 12, n. 4. 2018, p. 2363 – 2383.

XATARA, C. M. Tipologia das expressões idiomáticas. ALFA: Revista de Linguística, v. 42, n. 1, p. 169-176, 1998.

XATARA, C. M.; RIVA, H. C.; RIOS, T. H. C. As expressões idiomáticas de matriz comparativa. São Paulo: UNESP, 1994.

WELKER, H. A. Dicionários: uma pequena introdução à lexicografia. Brasília: Thesaurus, 2004.

WELKER, H. A. Panorama Geral da Lexicografia Pedagógica. Brasília: Thesaurus, 2008.

ZAVAGLIA, C.; NADIN, O. L. (orgs). Lexicografia Pedagógica. Revista Domínios de Lingu@gem. Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, v. 12, n. 4. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321-10esp2046

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.