Argumentação e livro didático: por uma parceria efetiva

Caroline Gomes Motta, Sabrina Vier

Resumo


Planejar uma aula sobre argumentação, principalmente para a Educação Básica, é um desafio que precisa ser encarado pelo professor de Língua de Portuguesa – ainda mais se pensarmos o papel dessa prática social proposto na Base Comum Curricular Nacional. Tendo por base a Teoria Semiolinguística, de Patrick Chauraudeau, objetivou-se verificar se as atividades propostas nos livros didáticos de 6º a 9º ano do Ensino Fundamental dão o suporte necessário para o desenvolvimento de senso crítico nos alunos. Para tal, serão apresentados os resultados obtidos a partir de análise da coleção “Português - Linguagens”, de William Cereja e Thereza Cochar por meio de pesquisa quantitativa e qualitativa. Os resultados obtidos indicam que os professores precisam extrapolar o livro didático, pois as atividades ali presentes não dão conta de abordar a argumentação como prática social, tornando a tarefa de desenvolver o senso crítico nos alunos pouco efetiva.


Palavras-chave


Argumentação. Livro Didático. Prática Social.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. Terceira versão revista. Brasília: MEC, 2017, p. 59-149. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2017.

CEREJA, W. R.; MAGALHÃES, T. C. Português – Linguagens: 8º ano. 9. ed. São Paulo: Saraiva Educação, 2015.

CHARAUDEAU, P. A argumentação talvez não seja o que parece ser. In: GIERING, M. E.; TEIXEIRA, M. Investigando a linguagem em uso. São Leopoldo, Unisinos, 2004, p. 33-44.

______. Discurso das mídias. Tradução de Angela S. M. Corrêa. 1. ed. 2ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2009.

GIERING, M. E. Orientações para o trabalho com argumentação escrita na escola numa perspectiva semiolinguística. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 39, n. 3, p. 215-225, 2003.

KOCH, I. G. V. Argumentação e linguagem. 13. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

MOTTA, C. G. Discurso das mídias e livro didático: a formação de leitores críticos na escola. 2017. 127 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras – Português) - Curso de Letras, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321-11362

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.