A semântica das cores na Literatura Fantástica

Francisco Vicente de PAULA JÚNIOR

Resumo


Este estudo demonstra a utilização das cores na construção de textos da Literatura Fantástica, principalmente da cor verde, que passa a representar os temas sobrenaturais na literatura contemporânea, considerando que tradicionalmente eram usados para isso o preto e o vermelho. Tendo como bases os estudos estruturalistas de Tzvetan Todorov, as simbologias de Manfred Lurker e a policromia de Luis Vax,assinalamos, por meio da análise de obras representativas, um novo caminho interpretativo para a literatura fantástica, o uso da cor verde como elemento marcador do texto sobrenatural.

Palavras-chave


Semântica; Fantástico; Cores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22168/2237-6321.1.1.1.129-138

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Entrepalavras © 2012. Todos os direitos reservados.
Av. da Universidade, 2683, Benfica, CEP 60020-180, Fortaleza-CE | Fone: (85) 3366.7629
Creative Commons License
Entrepalavras (ISSN: 2237-6321) está licenciada sob Creative Commons Attribution-NonCommercial 3.0.